Sullivan’s travels - Ascenção e queda de um sonhador americano

Autores

  • José Duarte Universidade de Lisboa (ULisboa), Portugal.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2012.51295

Palavras-chave:

Screwball, burlesco, slapstick, cinema, viagem.

Resumo

O presente trabalho pretende analisar o filme Sullivan’s travels (1941), de Preston Sturges, enquanto obra que se insere dentro do género da screwball comedy. Contudo, uma análise mais profunda irá revelar que Sturges consegue criar um filme em que vários géneros se cruzam, criando uma atmosfera interessante em que o espectador viaja pelo mundo do cinema através da personagem de J. L. Sullivan. Acima de tudo, este trabalho tem como objetivo tentar perceber de que forma a viagem empreendida por Sullivan (e também por Sturges), analisando momentos específicos do filme, tenta fazer passar a ideia central da obra: a importância de fazer filmes, o amor pelo cinema e, principalmente, fazer as pessoas rir.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Duarte, Universidade de Lisboa (ULisboa), Portugal.

Investigador no Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa, onde também foi bolsista. É licenciado em estudos anglísticos pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde concluiu o seu mestrado em estudos americanos, sobre a série de televisão Six feet under. É doutorando em estudos americanos na mesma instituição e leciona a disciplina de geografia cultural dos Estados Unidos. Publicou dois livros de poesia e um livro infantil. joseaoduarte@gmail.com

Downloads

Publicado

2012-08-06

Como Citar

DUARTE, J. Sullivan’s travels - Ascenção e queda de um sonhador americano. RuMoRes, [S. l.], v. 6, n. 11, p. 162-179, 2012. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2012.51295. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/51295. Acesso em: 13 abr. 2021.

Edição

Seção

Artigos