<br>Jornalismo e estudos culturais: a contribuição de Jesús Martín-Barbero

Autores

  • Ângela Felippi Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)
  • Ana Carolina Escosteguy Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2013.69427

Palavras-chave:

Jornalismo, estudos culturais, metodologia.

Resumo

O artigo apresenta uma abordagem teórica e metodológica do jornalismo a partir dos estudos culturais. A proposição trata o jornalismo a partir de uma perspectiva cultural, levando em conta a integralidade do circuito comunicativo – produção, texto e consumo. Como exemplo de um protocolo metodológico desse tipo, toma-se o mapa noturno de Jesús Martín-Barbero (2003), no qual o olhar científico sobre o jornalismo é feito abordando o processo comunicacional e suas mediações, ou seja, na sua totalidade e complexidade. Como conclusão, tem-se a reivindicação de uma análise cultural do jornalismo mais como um desafio teórico do que efetivamente um modelo metodológico a ser seguido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ângela Felippi, Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

Doutora em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Professora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC). angelafe@unisc.br

Ana Carolina Escosteguy, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP). Professora do Programa de Pós Graduação em Comunicação Social da PUC-RS e pesquisadora do CNPq. carolad@pucrs.br

Downloads

Publicado

2013-12-27

Como Citar

FELIPPI, Ângela; ESCOSTEGUY, A. C. <br>Jornalismo e estudos culturais: a contribuição de Jesús Martín-Barbero. RuMoRes, [S. l.], v. 7, n. 14, p. 8-27, 2013. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2013.69427. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/69427. Acesso em: 27 jan. 2022.

Edição

Seção

Dossiê