Jornalismo colaborativo e redes sociais no mainstream: estudo comparado do jornal zerohora.com e do washingtonpost.com

Autores

  • Anelise Rublescki Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Eugenia Barichello Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2013.69432

Palavras-chave:

Jornalismo, jornalismo colaborativo, ecologia midiática.

Resumo

O artigo discute o jornalismo colaborativo pela ótica dos conglomerados de mídia. Demonstra que tanto a colaboração do leitor nos espaços dos jornais quanto a intensa inserção das publicações nas redes sociais constituem-se de estratégias de visibilidade e legitimação dos conglomerados na nova ecologia midiática. Metodologicamente, tratase de um estudo que concilia revisão da literatura e empirismo, a partir do estudo comparado entre dois webjornais do mainstream: zerohora. com e washingtonpost.com.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anelise Rublescki, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Jornalista, doutora em comunicação e informação (UFRGS), Pós-doutoranda no Programa de pós graduação em comunicação da UFSM. Bolsista Capes- Fapergs. anelise_sr@hotmail.com.

Eugenia Barichello, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Professora do Programa de pós-graduação em comunicação da UFSM. Doutora em comunicação pela UFRJ. Bolsista PQ2 do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq). eugeniabarichello@gmail.com.

Downloads

Publicado

2013-12-27

Como Citar

RUBLESCKI, A.; BARICHELLO, E. Jornalismo colaborativo e redes sociais no mainstream: estudo comparado do jornal zerohora.com e do washingtonpost.com. RuMoRes, [S. l.], v. 7, n. 14, p. 99-118, 2013. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2013.69432. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/69432. Acesso em: 7 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos