Narrativa fantástica e identidade brasileira na minissérie A cura

Autores

  • Maria Cristina Palma Mungioli Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP)
  • Ligia Maria Prezia Lemos Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP)
  • Issaaf Karhawi Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2013.69440

Palavras-chave:

Narrativa fantástica, narrativa televisiva, minissérie brasileira.

Resumo

Este artigo analisa elementos da minissérie A cura (Globo, 2010) inserindo-os no quadro das narrativas fantásticas produzidas pela televisão brasileira na primeira década do século XXI. Presente na ficção televisiva brasileira, sobretudo a partir de meados da década de 1970, a narrativa fantástica (TODOROV, 2008) teve papel preponderante na constituição de um estilo de narrar e de um acabamento estético genuinamente brasileiros na televisão (BORELLI, 2001).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Cristina Palma Mungioli, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP)

Professora doutora da Escola de Comunicações e Artes da USP. Pesquisadora do Centro de Estudos de Telenovela da ECA-USP e do Obitel - Observatório Ibero-Americano da Ficção Televisiva. Coordenadora do GP Ficção Seriada da Intercom. crismungioli@usp.br.

Ligia Maria Prezia Lemos, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP)

Doutoranda em ciências da comunicação pela ECA-USP, bolsista do CNPq. Mestre em ciências da comunicação e especialista em gestão da comunicação pela ECA-USP. Pesquisadora do Centro de Estudos de Telenovela da ECA-USP e do Obitel - Observatório Ibero-Americano da Ficção Televisiva. ligia.lemos@usp.br.

Issaaf Karhawi, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP)

Mestranda em ciências da comunicação pela ECA-USP. Pesquisadora do Centro de Estudos de Telenovela da ECA-USP e do Obitel - Observatório Ibero-Americano da Ficção Televisiva. issaaf@usp.br.

Downloads

Publicado

2013-12-27

Como Citar

MUNGIOLI, M. C. P.; LEMOS, L. M. P.; KARHAWI, I. Narrativa fantástica e identidade brasileira na minissérie A cura. RuMoRes, [S. l.], v. 7, n. 14, p. 218-238, 2013. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2013.69440. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/69440. Acesso em: 28 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos