[1]
S. Schvarzman, “Escrever a história do cinema brasileiro no século XXI: desconstruir a história no singular e escrever a história no plural”, Rumores, vol. 11, nº 21, p. 132-150, jul. 2017.