Eletroestimulação neuromuscular na pressão plantar, simetria e funcionalidade de hemiparéticos

Autores

  • Janaine Cunha Polese Universidade Federal de Minas Gerais
  • Daiane Mazzola Universidade de Passo Fundo
  • Rodrigo Costa Schuster Universidade de Passo Fundo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-0190.v16i4a103288

Palavras-chave:

Acidente Cerebral Vascular, Estimulação Elétrica, Paresia, Marcha

Resumo

Este estudo objetivou analisar os efeitos da Eletroestimulação Neuromuscular (EENM) na pressão plantar, simetria e funcionalidade de hemiparéticos. Participaram deste pacientes hemiparéticos crônicos, divididos em dois grupos: intervenção, composto por cinco pacientes, que receberam a corrente FES no tibial anterior, três vezes por semana, durante quatro semanas, por trinta minutos; controle, formado por dois pacientes que receberam, pelo mesmo período e no mesmo músculo, a corrente sham (50μs e 150Hz). Os sujeitos realizaram pré e pós tratamento avaliação da pressão plantar através do sistema de baropodometria computadorizada FScan ™, análise da simetria e avaliação da funcionalidade, através da Medida de Independência Funcional (MIF). A média de idade da amostra estudada foi 58,85 anos, todos com diagnóstico de AVE isquêmico crônico. Em relação à pressão plantar e funcionalidade, não houveram diferenças estatisticamente significativas tanto no grupo FES quanto no grupo sham. Os índices de simetria do grupo intervenção aumentaram 140,58% após o tratamento. Já no grupo sham, esse ganho foi de 57,65%. Através deste constatou-se que a EENM pode influenciar positivamente na simetria de pacientes hemiparéticos crônicos, podendo acarretar uma marcha mais satisfatória.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

André C. Manual de AVC. Rio de Janeiro: Revinter; 2006.

Cacho EWA, Melo FRLV, Oliveira R. Avaliaçao da recuperaçao motora de pacientes hemiplégicos através do protocolo de desempenho físico Fugl-Meyer. Rev Neurociências. 2004;12:94-102.

Mauritz KH. Gait training in hemiplegia. Eur J Neurol. 2002;9 Suppl 1:23-9.

Orlin MN, McPoil TG.Plantar pressure assessment. Phys Ther. 2000;80(4):399-409.

Hsu AL, Tang PF, Jan MH. Analysis of impairments influencing gait velocity and asymmetry of hemiplegic patients after mild to moderate stroke. Arch Phys Med Rehabil. 2003;84(8):1185-93.

Teixeira-Salmela LF, Lima RCM, Lima LAO, Morais SG, Goulart F. Assimetria e desempenho funcional em hemiplégicos crônicos antes e após programa de treinamento em academia. Rev Bras Fisioter. 2005;9(2):227-33.

Yan T, Hui-Chan CW, Li LS. Functional electrical stimulation improves motor recovery of the lower extremity and walking ability of subjects with first acute stroke: a randomized placebo-controlled trial. Stroke. 2005;36(1):80-5.

Beinotti F, Fonseca CP, Silva MC, Gaspar MIFAS, Cacho EWA, Oberg TD. Treino de marcha com suporte parcial de peso em esteira ergométrica e estimulaçao elétrica funcional em hemiparéticos. Acta Fisiátr. 2007;14(3):159-63.

Riberto M, Miyazaki MH, Jucá SSH, Sakamoto H, Potiguara P, Pinto N, et al. Validaçao da Versao Brasileira da Medida de Independência Funcional. Acta Fisiátrica 2004;11(2):72-6. Doi: https://doi.org/10.5935/0104-7795.20040003

Daly JJ, Roenigk K, Holcomb J, Rogers JM, Butler K, Gansen J, et al. A randomized controlled trial of functional neuromuscular stimulation in chronic stroke subjects. Stroke. 2006;37(1):172-8.

Kitchen S. Eletroterapia: prática baseada em evidências. 11 ed. Barueri: Manole; 2003.

Boza R, Duarte E, Belmonte R, Marco E, Muniesa JM, Tejero M, et al. Estudio baropodométrico en el hemipléjico vascular: relación con la discapacidad, equilibrio y capacidad de marcha. Rehabil. 2007;41(1):2-9.

Hodt-Billington C, Helbostad JL, Moe-Nilssen R. Should trunk movement or footfall parameters quantify gait asymmetry in chronic stroke patients? Gait Posture. 2008;27(4):552-8.

Balasubramanian CK, Bowden MG, Neptune RR, Kautz SA. Relationship between step length asymmetry and walking performance in subjects with chronic hemiparesis. Arch Phys Med Rehabil. 2007;88(1):43-9.

Perry J. Análise de marcha: marcha patológica. Barueri: Manole; 2005.

Downloads

Publicado

2009-12-09

Edição

Seção

Carta ao Editor

Como Citar

1.
Polese JC, Mazzola D, Schuster RC. Eletroestimulação neuromuscular na pressão plantar, simetria e funcionalidade de hemiparéticos. Acta Fisiátr. [Internet]. 9º de dezembro de 2009 [citado 19º de julho de 2024];16(4):200-2. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/actafisiatrica/article/view/103288