A poligamia em Une si longue lettre e Niketche: uma história de poligamia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2526-303X.i42p142-152

Palavras-chave:

Literatura Feminina, Literatura Africana, Poligamia, Patriarcado, Feminismo

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar dois romances cuja temática comum é a poligamia. Ambos foram escritos por mulheres africanas de países diferentes e em diferentes épocas: Mariama Bâ, no Senegal e Paulina Chiziane, em Moçambique. Une si longue lettre, de Mariama Bâ, foi publicado pela primeira vez em 1979 e é inédito em Português. Niketche: uma história de poligamia, de Paulina Chiziane, foi publicado pela primeira vez em 2002. O objetivo desta análise será colocar em relevo a continuidade temática dos dois romances. De fato, ambos os textos têm por foco mulheres que vivem a poligamia em diferentes países africanos e sob diferentes formações culturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Bueno de Carvalho, Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Marina Bueno de Carvalho é graduada e licenciada em Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Trabalha como editora e revisora de livros didáticos no mercado editorial. Atualmente, é professora de Português e Francês, além de tradutora de Une si longue lettre, de Mariama Bâ.

Referências

BÂ, M. Une si longue lettre. 2014 (collectionMotifs)

BEAUVOIR, S. O Segundo Sexo: Fatos e Mitos. 4ª edição. São Paulo: Difel, 1970. (vol.I).

BEAUVOIR, S. O Segundo Sexo: A Experiência Vivida. 3ª edição. São Paulo: Difel, 1967. (vol. II).

BOURDIEU. A dominação masculina.

CHIZIANE, P. Niketche: uma história de poligamia. Lisboa: Caminho, 2002.

FAINZANG, S.; JOURNET, O. La femme de mon mari: Anthropologie du mariage polygamique em Afrique et en France. Paris: Harmattan, 1988.

KI-ZERBO, J. História da África Negra. Paris: Hatier, 1972. v.1.

SENEGAL e Burkina Faso. Práticas tradicionais do casamento como determinantes dos direitos agrários da mulher: análise de pesquisas. In: Compêndio de estudos de países sobre gênero e terra. Disponível em: < http://www.fao.org/docrep/010/a0297p/a0297p00.htm>. Acesso em: 21 fev. 2016.

SERRANO, C.; MUNANGA, K. A Revolta dos Colonizados: O processo de descolonização e as independências da África e da Ásia. São Paulo: atual, 1995.

SOW, F. S. Famille et loi au Sénégal: permanences et changements. Programe Femmes et loi dans le monde musulman. Dossier special. Les frontiers mouvantes du marriage et du divorce dans les communités musulmanes. 1996.

SOW, Fatou; BOP, Codou. Notre corps, notre santé: La santé et la sexualité des femmes en Afrique subsaharienne. Paris: L’Harmattan, 2004.

Downloads

Publicado

2021-02-02

Como Citar

CARVALHO, M. B. de. A poligamia em Une si longue lettre e Niketche: uma história de poligamia. Revista África, [S. l.], n. 42, p. 142-152, 2021. DOI: 10.11606/issn.2526-303X.i42p142-152. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/africa/article/view/193979. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos