Land of lost opportunities: transition and crisis in Mozambican agriculture

Autores

  • Alfredo Saad Filho

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2526-303X.v0i20-21p43-69

Palavras-chave:

Moçambique, Agricultura, Modernização, Campesinato, Políticas públi- cas, Frelimo

Resumo

Este artigo analisa as razoes do fracasso da coletivização da agricultura em Moçambique (1975-83). Duas explicações são propostas; primeiro, as políticas de socialização da Frelimo eram inconsistentes por refletirem um compromisso impossível entre visões dualistas e nao-dualistas da relação entre os setores camponês e “ moderno” da economia. Segundo, os camponeses pobres e médios resistiram ativamente as políticas coletivistas do governo. O conflito entre o Estado e o campesinato levou ao colapso da produção agrícola, a derrota da estratégia de coletivização da agricultura, e a generalização da guerra civil no pais.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Alfredo Saad Filho
    South Bank University Business School, 103 Borough Road, London SE12 8JB, England

Downloads

Publicado

1998-12-09

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

Land of lost opportunities: transition and crisis in Mozambican agriculture. África, [S. l.], n. 20-21, p. 43–69, 1998. DOI: 10.11606/issn.2526-303X.v0i20-21p43-69. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/africa/article/view/74885.. Acesso em: 17 jul. 2024.