Linguistic preferences in a man of the people: a peephole to African post-colonial politics

Autores

  • Dawn Alexis Duke Universidade Estadual de Campinas / Instituto de Estudos da Linguagem Linguística Aplicada

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2526-303X.v0i18-19p139-148

Palavras-chave:

anglo-africanos, independência, circunstâncias linguísticas, diversidade, coexistência.

Resumo

Este artigo procura focalizar, através da obra A Man of the People, de Chinua Achebe, a questão das circunstâncias lingüísticas com a qual se deparam as anglo-africanos imediatamente após a independência. As implicações políticas de uma sociedade multi-lingüística são apresentados de maneira a mostrar como as perspectivas de preceitos justos e honestos e de unidade nacional são possíveis através de uma ampla apreciação e aceitação de uma coexistência de diversas formas de linguagem e suas culturas representativas.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

1997-12-09

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

Linguistic preferences in a man of the people: a peephole to African post-colonial politics. África, [S. l.], n. 18-19, p. 139–148, 1997. DOI: 10.11606/issn.2526-303X.v0i18-19p139-148. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/africa/article/view/74970.. Acesso em: 19 jul. 2024.