As câmaras municipais na crise da Independência: Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás (1821-1825)

Autores

  • André Nicacio Lima USP; USP; Departamento de História

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1808-8139.v0i1p114-119

Palavras-chave:

câmaras municipais, Independência, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso

Resumo

A pesquisa aqui apresentada é parte de um projeto coletivo de iniciação científica que tem por tema central o papel desempenhado pelas câmaras municipais no processo de Independência do Brasil. As câmaras de diversas províncias são entendidas como importantes bases institucionais da dinâmica política, de que resultam a constitucionalização da monarquia portuguesa, a Independência e a fundação do Império do Brasil. Este informe expõe as questões centrais, os caminhos percorridos e os objetivos do projeto, bem como os da pesquisa individual referente, especificamente, às câmaras das vilas e cidades das províncias de Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2005-05-01

Edição

Seção

Informes de pesquisas