Trabalho e identidade social – implicações nas pesquisas em comunicação

Autores

  • Mara Ferreira Rovida Faculdades Integradas Rio Branco

Palavras-chave:

Identidade social, trabalho, mediação social, solidariedade social

Resumo

O resgate da centralidade do trabalho nos processos de mediação e de formação das identidades sociais tem impactos expressivos no entendimento das dinâmicas sociais contemporâneas. Numa sociedade marcada pelo avanço da divisão do trabalho social e pelo amplo desenvolvimento das tecnologias de comunicação (cada vez mais importantes no processo produtivo capitalista), é preciso rever a noção de trabalho como atividade essencial do ser humano e como aspecto constituidor de identidade individual e coletiva. Tal discussão se mostra fundamental para o desenvolvimento das pesquisas em comunicação

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mara Ferreira Rovida, Faculdades Integradas Rio Branco

Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo; mestre em Comunicação pela Faculdade Cásper Libero; jornalista; professora no curso de jornalismo das Faculdades Integradas Rio Branco; membro do grupo de pesquisas do CNPQ Comunicação e Sociedade do Espetáculo

Downloads

Publicado

2016-05-02

Como Citar

Rovida, M. F. (2016). Trabalho e identidade social – implicações nas pesquisas em comunicação. Revista Alterjor, 13(1), 183-200. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/alterjor/article/view/112141