Cremilda Medina e o Ato Presencial

  • Jorge Kanehide Ijuim Universidade Federal de Santa Catarina; Programa de Pós-graduação em Jornalismo.
Palavras-chave: Comunicação, Epistemologia, Jornalismo, Narrativas da contemporaneidade

Resumo

A presente resenha visa apresentar ao leitor a mais recente obra de Cremilda Medina, o “Ato presencial: Mistério e transformação”. Para tanto, anotamos alguns momentos importantes de sua trajetória que levaram a autora a refletir e a produzir este livro. Em seguida, destacamos seus principais argumentos na defesa do ato presencial como postura fundamental para a narração da contemporaneidade.

Palavras-chave: Comunicação; Epistemologia; Jornalismo; Narrativas da contemporaneidade

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorge Kanehide Ijuim, Universidade Federal de Santa Catarina; Programa de Pós-graduação em Jornalismo.

Doutor em Ciências da Comunicação/Jornalismo pela Escola de Comunicação e Artes da USP;

Pós-doutorado em Jornalismo (Universidade de Coimbra)

Publicado
2017-03-13
Como Citar
Ijuim, J. (2017). Cremilda Medina e o Ato Presencial. Revista Alterjor, 15(1), 188-191. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/alterjor/article/view/127959