Jornalismo impresso e as fontes: uma análise sobre o jornal Diário Popular

Autores

  • Lucas Casarin Kurz Universidade Federal de Pelotas
  • Michele Negrini Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-1507.v23i1p371-408

Palavras-chave:

Jornalismo impresso, Fontes, Diário popular, Análise de conteúdo

Resumo

Este estudo analisa as fontes presentes na página 3, de conteúdo especial, do  jornal impresso Diário Popular de Pelotas, no Rio Grande do Sul. A partir de dez edições, todas do ano de 2019, realiza o mapeamento dos agentes presentes no texto, identificando seus papéis enquanto fonte de informação e traçando uma análise sobre qual o perfil do entrevistado pelo jornal neste espaço. A escolha do veículo se deu pela sua inserção na comunidade pelotense, possuindo grande relevância social e histórica na Zona Sul do Estado. A pesquisa tem como objetivo entender quais são as figuras presentes, sob hipóteses de questões como rotinização, padronização do uso de fontes e equilíbrio ou não da presença destes no texto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Casarin Kurz, Universidade Federal de Pelotas

Jornalista pela Universidade Federal de Pelotas (2019); Pós-Graduando em Comunicação e Marketing (2020-2021). Tem atuação profissional em: RádioCOM Pelotas: 2016-17; Jornal Diário Popular - 2017-2019; Attra Comunicação - 2019-presente; Beneficência Portuguesa de Pelotas - 2019-presente

Michele Negrini, Universidade Federal de Pelotas

Jornalista. Doutora em Comunicação pela PUCRS. Tem Pós-doutorado pela UFBA, no programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas. Professora da UFPEL

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977. 231 p.

COTTA, Pery. Jornalismo: teoria e prática. Rio de Janeiro: Rubio, 2005. 174 p.

ERBOLATO, Mário L.. Técnicas de Codificação em Jornalismo: Redação, captação e edição no jornal diário. 5. ed. São Paulo: Ática, 2004. 256 p.

FACCIN, Milton Julio. Zero Hora, a voz que une os gaúchos. In: ENCONTRO NACIONAL DE HISTÓRIA DA MÍDIA, 7., 2009, Fortaleza. Anais. 2009. Porto

Alegre, 2009. p. 1 - 16. Disponível em:

<http://www.ufrgs.br/alcar/encontros-nacionais-1/encontros-nacionais/7o-encontro-2 009-1/Zero%20Hora-%20a%20voz%20que%20une%20os%20gauchos.pdf>.

Acesso em: 9 nov. 2019.

FELIPPI, Angela Cristina Trevisan. REFLEXÕES A RESPEITO DA IDENTIDADE CULTURAL GAÚCHA EM ZERO HORA. In: CONGRESSO ANUAL EM CIÊNCIA

DA COMUNICAÇÃO, 26, 2003, Belo Horizonte. Anais. 2003. Belo Horizonte: Intercom, 2003. p. 1 - 15. Disponível em:

<http://www.portcom.intercom.org.br/pdfs/8990933874046702229466078710917244 2168.pdf>. Acesso em: 10 nov. 2019.

FONSECA JÚNIOR, Wilson Corrêa. Análise do conteúdo. In: DUARTE, Jorge; BARROS, Antonio (orgs.). Métodos e técnicas de Pesquisa em Comunicação. São Paulo: Atlas, 2005. p. 280-305.

GONÇALVES, Teodoro. Diário Popular: História & fatos. 1. ed. Pelotas: Bradamante Livros, 2019. 98p.

INSTITUTO PESQUISAS DE OPINIÃO (Pelotas) (Org.). Hábitos e preferências dos pelotenses por jornal escrito: Relatório de pesquisa. Pelotas: Instituto Pesquisas de Opinião, 2019. 23 p. (Não publicado)

LAGE, Nilson. A Reportagem: teoria e técnica de entrevista e pesquisa jornalística. 8. ed. Rio de Janeiro: Record, 2009. 189 p.

NOBLAT, Ricardo. A arte de fazer um jornal diário. 7. ed. São Paulo: Contexto, 2008. 174 p.

RIOS, Dermival Ribeiro. Minidicionário escolar da língua portuguesa. São Paulo: DCL, 2005. 560 p.

SCHMITZ, Aldo Antonio. Fontes de notícias: ações e estratégias das fontes no jornalismo. Florianópolis, Combook, 2011. 85 p.

SODRÉ, Nelson Werneck. História da imprensa no Brasil. 4. ed. Rio de Janeiro: Mauad, 1999. 501 p.

SPANNENBERG, A. C. M.; BELAFONTE BARROS, C. V. Do impresso ao digital: a história do Jornal do Brasil. Revista Observatório, v. 2, n. 2, p. 230-250, 30 maio 2016.

TRAQUINA, Nelson. Teorias do jornalismo, porque as notícias são como são.

Florianópolis: Insular, 2004.

Downloads

Publicado

2021-02-03

Como Citar

Kurz, L. C., & Negrini, M. (2021). Jornalismo impresso e as fontes: uma análise sobre o jornal Diário Popular . Revista Alterjor, 23(1), 371-408. https://doi.org/10.11606/issn.2176-1507.v23i1p371-408

Edição

Seção

Relatórios de Pesquisa