Administração Moderna – uma abordagem holística. “Implicações da Abordagem Holística na Administração: para além da produtividade”

Autores

  • André Pullig Academia de Letras do Brasil
  • Michelle Barros Universidade Estadual de Goiás
  • Francisco Alberto Severo de Almeida Universidade Estadual de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-1507.v24i2p23-33

Palavras-chave:

Administração, Tradicional, Holístico, Organização

Resumo

O presente trabalho explora o modelo clássico de administração, originado na sua forma tradicional, sua trajetória e evolução para a abordagem holística e para além da produtividade, envolvendo uma averiguação sistemática, que analisa as contribuições das principais teorias a partir do século XVIII até as novas teorias. Abordará a seguinte problemática: o que caracteriza a administração holística em comparação com as abordagens tradicionais administrativas. O objetivo geral será discutir as implicações de uma abordagem holística na administração, a partir de uma comparação com as abordagens tradicionais nesse campo do conhecimento, com metodologia explicativa de natureza qualitativa. Será utilizada a pesquisa bibliográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Pullig, Academia de Letras do Brasil

Presidente da Academia de Letras do Brasil - DF. Dr. Honoris Causa - Psicanálise Clínica, Literatura e Educação. Mestrando em Gestão, Educação e Tecnologias, pela Universidade Estadual de Goiás. Especialista em Língua Portuguesa e Literatura; Psicopedagogia e Psicanálise Clínica. Filósofo e Teólogo.

Michelle Barros, Universidade Estadual de Goiás

Especialista em Docência do Ensino Superior. Graduação em Pedagogia pela PUC. Cursando graduação em Administração e  Mestrado em Gestão, Educação e Tecnologias, pela Universidade Estadual de Goiás.

Francisco Alberto Severo de Almeida, Universidade Estadual de Goiás

Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo e Pós-Doutor pela Universidade do Porto - Portugal. Professor efetivo da Universidade Estadual de Goiás e líder do Grupo de Pesquisa Egesi - Estratégia em Gestão, Educação e sistema de Informação. Desenvolve, em conjunto com o Departamento de Comunicação e Jornalismo da Universidade do Porto, investigação sobre o processo da gestão da informação e inovação em rede de cooperação.

Referências

BRUYNE. Paul de. Dinâmicas da pesquisa em ciências sociais: os polos da prática metodológica. Rio de janeiro: Francisco Alves editor. 1991.

CAPRA, F. O Ponto de Mutação. São Paulo: Cultrix, 1982.

CARVALHO, I. C. de Almeida. Administração participativa como estratégia para a manutenção e comprometimento com as mudanças organizacionais. Latin American Document Imaging Conference Seron: São Paulo, 1995.

CHIAVENATO, Idalberto. Administração: teoria, processo e prática. 4ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

KURAMOTI, M. N. et al. Holística cabocla: uma experiência organizacional de empresa que deu certo. Petrópolis: Vozes, 1994.

KURCGANT Paulina (Org.). Administração em enfermagem. São Paulo: EPU, 1991.

MARINS, Crounel. A utilização da abordagem holística em Administração: um estudo interpretativo das práticas gerenciais das empresas integrantes do novo mercado da bolsa de valores, mercadorias e futuros de São Paulo – BM&FBOVESPA – Brasil. 2015. Tese (Doutorado em Ciências). Departamento de Administração. Universidade de São Paulo, 2001.

MATOS, E.; PIRES, D. Teorias administrativas e organização do trabalho: de Taylor aos dias atuais, influências no setor saúde e na enfermagem. Texto Contexto - Enferm. Florianópolis: v. 15, n. 3, p. 508-514, 2006.

MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria Geral da Administração: da revolução urbana a revolução digital. São Paulo: Atlas, 2007.

RODRIGUES, Suzana Braga. Desafios da administração no século XXI. Rev. adm. empres. vol.44 no.spe São Paulo Apr./Dec. 2004. Disponível em: . Acesso em 10 abr. 2021.

SMUTS, Jan Christiaan. Holism and Evolution. 2nd Edition. Macmillian and Co, 1926.

WEIL, Pierre. A Arte de Viver em Paz. Por uma nova Consciência, por uma nova Educação. 1ª ed. São Paulo: Editora Gente, 1993.

VERGARA Sylvia Constant. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 4ª ed. São Paulo, 2005.

Downloads

Publicado

2021-08-02

Como Citar

Pullig, A., Barros, M., & Almeida, F. A. S. de . (2021). Administração Moderna – uma abordagem holística. “Implicações da Abordagem Holística na Administração: para além da produtividade”. Revista Alterjor, 24(2), 23-33. https://doi.org/10.11606/issn.2176-1507.v24i2p23-33