Imprensa negra e diversidade: programa Diversidade em Ciência da Rádio USP

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-1507.v24i2p168-181

Palavras-chave:

Jornalismo, Etnia, Raça, Programa Diversidade em Ciência

Resumo

O presente texto aborda o Programa Diversidade em Ciência da Rádio USP (93.7), ao considerar a discussão a respeito do racismo no jornalismo atual. O procedimento metodológico (indutivo-dedutivo) contempla três ações: leitura, entrevista e escrita. Estudos contemporâneos do jornalismo fundamentam esta pesquisa. O jornalismo alternativo cumpre o papel de mediação entre diversas vozes excluídas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jefferson Monteiro, Universidade Metodista de São Paulo

Especialização em Gestão de Conteúdo em Comunicação Jornalismo pela Universidade Metodista - UMESP e Graduação em Gestão Comercial pela Fatec Itaquaquecetuba

Wilton Garcia, Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo

Professor da Fatec Itaquaquecetuba, Doutor em Comunicação pela USP.

Referências

BUCCI, E. Sobre ética e imprensa. São Paulo: Cia das Letras, 2000.

CANCLINI, N. G. Consumidores e cidadãos: conflitos multiculturais da globalização. Rio de Janeiro: UFRJ, 1999.

COJIRA-SP. Disponível em: https://cojira.wordpress.com/category/manifesto-cojira-sp/ Acessado em: 20 jan 2018

D’ADESKY, J. Pluralismo étnico e multiculturismo: racismo e antirracismo no Brasil. Rio de Janeiro: Pallas, 2001.

FERRARETTO, L. A. Rádio: teoria e prática. SP: Summus, 2014.

FERREIRA, R. A. Entrevista sobre o programa de rádio Diversidade em Ciência da Rádio USP (93.7). REGIT, Fatec Itaquaquecetuba, v. 10, n. 2, p. 9-15, jul/dez 2018.

FERREIRA, R. A. Jornalismo especializado-jornalismo científico: análise crítica, estudo de casos e a construção de novos paradigmas e de um novo currículo disciplinar. Bauru: Faac-Unesp. Pesquisa Trienal. Mimeo. 2004.

GARCIA, W. Pensar as mídias alternativas. Observatório da Imprensa. ed. 996, São Paulo: Projor, 2018. Disponível em: . Acessado em: 25 jan 2021.

MUNANGA, K. Negritude e identidade negra ou afro descendente: um racismo ao avesso? Revista da ABPN, v. 4, n. 8, jul/out. 2012.

MUNANGA, K. Negritude: usos e sentidos. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

OLIVEIRA, D. Novos protagonismos midiáticos-culturais: a resistência a opressão da sociedade da informação. REGIT – Revista de Estudos de Gestão, Informação e Tecnologia v. 6, n. 2, p. 17-37, jul/dez 2016. Disponível em: . Acessado em: 24 jan 2021.

RIBEIRO, D. O que é lugar de fala? Belo Horizonte: Letramento, 2017.

SANTOS, B. de S. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia de saberes. In: SANTOS, B. S.; MENESES, M. P. (Org). Epistemologias do Sul. Coimbra: Almedina; CES, 2009, p. 23-71

SODRÉ, M. A mídia como forma de vida. Pesquisa Fapesp. Ed. 78, ago, 2002. Disponível em: https://revistapesquisa.fapesp.br/a-forma-de-vida-da-midia/. Acessado em: 31 jan 2021.

SODRÉ, M. Viva o diploma: comunicação interna à lista eletrônica do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo, jul./2008.

VIOTTI, E. Da monarquia à república: momentos decisivos. São Paulo. Editora UNESP, 1998.

Downloads

Publicado

2021-08-02

Como Citar

Monteiro, J., & Garcia, W. (2021). Imprensa negra e diversidade: programa Diversidade em Ciência da Rádio USP. Revista Alterjor, 24(2), 168-181. https://doi.org/10.11606/issn.2176-1507.v24i2p168-181