O Horizonte É Ao Lado: algumas reflexões sobre as leis de comunicação brasileira e argentina

  • João Paulo Malerba Associação Mundial de Rádios Comunitárias (AMARC Brasil)
Palavras-chave: Legislação em comunicação, CONFECOM, Brasil, Argentina, Democratização da comunicação

Resumo

O artigo discute inicialmente aspectos da atual legislação brasileira em comunicação, cuja obsolescência, ausência de regulamentação e descumprimento de normas têm impedido a diversidade nos conteúdos, a pluralidade de meios e aprofundado a concentração midiática no Brasil. Em seguida, o texto trata da I Conferência Nacional de Comunicação, seus avanços e limites. A seguir, o artigo apresenta o processo de construção e os pontos centrais da Lei de Serviços de Comunicação Audiovisual da Argentina. Por fim, a lei brasileira de radiodifusão comunitária é brevemente analisada à luz da experiência argentina, sugerindo novos caminhos de luta para a efetivação do direito humano à comunicação no Brasil

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Malerba, Associação Mundial de Rádios Comunitárias (AMARC Brasil)
Mestre em Comunicação e Cultura pelo Programa de Pós-graduação da Escola de Comunicação da UFRJ, bacharel em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e atual representante nacional da Associação Mundial de Rádios Comunitárias (AMARC Brasil).
Publicado
2012-09-07
Como Citar
Malerba, J. (2012). O Horizonte É Ao Lado: algumas reflexões sobre as leis de comunicação brasileira e argentina. Revista Alterjor, 2(2), 1-18. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/alterjor/article/view/88210