Radiojornalismo Ativista: um modelo de ação para o jornalismo alternativo

Autores

  • Rafael Duarte Oliveira Venancio Faculdades Metropolitanas Unidas

Palavras-chave:

Radiojornalismo, Ativismo, Jornalismo Alternativo, Ação Política, Rádio

Resumo

Considerando a constituição da sociedade enquanto Mundo da Vida e Sistema proposta por Jürgen Habermas, o presente trabalho elabora um modelo de ação para o jornalismo de rádio dentro de uma dimensão comunicacional alternativa. Considerando que o proprietário é o tipo-ideal da Comunicação Social sistêmica e o chamado “radiojornalismo comunitário” é o tipo-ideal da Comunicação Social mundana, o radiojornalista ativista seria aquele que usaria um foco mundano para mudar o status quo sistêmico. Com isso, encontramos aqui um modelo de ação para o radiojornalista agir na sociedade, reforçando sua esfera de diálogo (ação comunicativa), mas mantendo também os objetivos sistêmicos (ação instrumental) de sua prática midiática

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Duarte Oliveira Venancio, Faculdades Metropolitanas Unidas

Doutorando em Meios e Processos Audiovisuais pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). Mestre em Ciências da Comunicação pela ECA/USP.Coordenador e Professor da Graduação em Rádio, TV e Vídeo, do Curso Superior de Tecnologia em Produção Audiovisual e Produção Multimídia do Complexo Educacional FMU-FIAM-FAAM.Docente de Graduação e Pós-Graduação latu sensu (Produção e Gestão Jornalística, Mídias Digitais e Comunicação Integrada) do Centro Universitário Senac (SP).

Downloads

Publicado

2012-09-21

Como Citar

Venancio, R. D. O. (2012). Radiojornalismo Ativista: um modelo de ação para o jornalismo alternativo. Revista Alterjor, 6(2), 1-18. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/alterjor/article/view/88266

Edição

Seção

Especial 90 anos do Rádio no Brasil