A representação da nudez feminina em Game of Thrones:

uma questão de gênero, poder e vulnerabilidade

Autores

  • Camille Carboni Faculdade Cásper Líbero
  • Larissa Bomfim Santana Farias Faculdade Cásper Líbero
  • Rafael do Nascimento Grohmann

Resumo

Este artigo analisa como a nudez das personagens femininas é explorada na primeira e na quinta temporada do seriado Game of Thrones, da HBO, tendo como objetos de pesquisa os episódios nos quais aparecem as personagens Daenerys Targaryen e Cersei Lannister, protagonistas da série. Nosso objetivo é entender como as posições de poder ocupadas pelas personagens já citadas e a forma como seus corpos aparecem durante o seriado podem estar relacionadas, utilizando como base as teorias de Michel Foucault para mostrar que quanto maior o status de poder de uma personagem feminina, menos a nudez de seu corpo será explorada nas cenas, sendo o inverso da mesma maneira verdadeiro: quanto maior o estado de vulnerabilidade, mais exposto será o seu corpo em termos de nudez.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael do Nascimento Grohmann

Professor do Curso de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, e-mail:
rngrohmann@casperlibero.edu.br.

Downloads

Publicado

2018-11-13

Como Citar

Carboni, C., Farias, L. B. S., & Grohmann, R. do N. (2018). A representação da nudez feminina em Game of Thrones:: uma questão de gênero, poder e vulnerabilidade. Anagrama, 12(2). Recuperado de https://www.revistas.usp.br/anagrama/article/view/150741