Mudanças estéticas nos desenhos animados:

questões de padrão artístico, avanço tecnológico ou mercado?

Palavras-chave: Desenhos Animados, Nonsense, Sequencialidade Narrativa, Classificação Indicativa

Resumo

Focado na analise do perfil das mudanças estéticas nos desenhos animados exibidos no Brasil, nas últimas décadas, toma como base as questões relacionadas aos padrões artísticos de produção, os avanços tecnológicos e o mercado econômico no qual se envolvem as produções. Teoricamente, foca na estética do nonsense e na sequencialidade para selecionar e avaliar as o papel das mudanças e seus impactos na constituição dos episódios, perfil de caracterização das personagens e tema geral dos desenhos. Avalia a influência do ClassInd – a classificação indicativa – nas estética dos desenhos. Metodologicamente, constitui a análise de um panorama de desenhos animados, selecionados intencionalmente, a partir de uma análise de conteúdo. Propõe, de forma ensaística, novos critérios multifacetados para entender o processo de produção das animações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amaro Xavier Braga Jr, Instituto de Ciências Sociais, Universidade Federal de Alagoas

É Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais (UFPE), Esp. em História das Artes e das Religiões (UFRPE), Esp. em Artes Visuais (SENAC), Esp. em Gestão de EAD (Esc. Exército/UCB), Mestre e Doutor em Sociologia (UFPE), Mestre em Antropologia Social (UFAL). É professor efetivo no Instituto de Ciências Sociais da Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Ana Lorena Nascimento Paiva, Universidade Federal de Alagoas

Bacharel em Comunicação Social – Jornalismo. Universidade Federal de Alagoas.

Publicado
2020-06-23
Como Citar
Braga Jr, A., & Paiva, A. (2020). Mudanças estéticas nos desenhos animados:. Anagrama, 14(1). Recuperado de https://www.revistas.usp.br/anagrama/article/view/168146