Em busca da identidade dos instrumentos musicais no Brasil: um estudo exploratório da literatura de cordel

Autores

  • Aloísio Leoni Schmid Universidade Federal do Paraná
  • Juarez Bergmann Filho Universidade Federal do Paraná
  • Rodrigo Mateus Pereira Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.1590/1982-02672017v25n0111

Palavras-chave:

Literatura de Cordel, Instrumentos musicais, Cantoria, Viola caipira, Luteria

Resumo

O presente trabalho procura, em consulta a uma coleção de 2340 obras da Literatura de Cordel, explorar identidades culturais presentes nos instrumentos musicais aparentemente mais populares junto à população cultora de tal forma literária - sertão nordestino e parte da Região Norte do Brasil - desde o final do século XIX até o presente. Há no trabalho o pressuposto de que a Literatura de Cordel representa, muito mais que o trabalho criativo dos seus autores, as práticas vigentes no grupo social que a origina. Assim, à procura de menções a instrumentos musicais, este estudo detém-se em alguns deles, pela frequência e relevância da sua caracterização: viola caipira, violão, violino, bandolim, rabeca, guitarra elétrica e piano. Instrumentos aparentemente próximos como a viola e o violão são vistos de formas muito distintas pela população considerada. A rabeca, instrumento popular, poucas vezes é citada. Outros instrumentos, como violino, bandolim, piano e guitarra elétrica, são retratados como instrumentos urbanos e menos conhecidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-04-01

Como Citar

Schmid, A. L., Bergmann Filho, J., & Pereira, R. M. (2017). Em busca da identidade dos instrumentos musicais no Brasil: um estudo exploratório da literatura de cordel. Anais Do Museu Paulista: História E Cultura Material, 25(1), 279-300. https://doi.org/10.1590/1982-02672017v25n0111

Edição

Seção

Estudos de Cultura Material