Fronteira/Fonte/Foz: restauro da arte contemporânea no espaço público

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1982-02672022v30e35

Palavras-chave:

Preservação, Restauro, Arte contemporânea, Carmela Gross, Laguna

Resumo

Fronteira/Fonte/Foz, de 2001, é uma obra da artista Carmela Gross localizada em Laguna, Santa Catarina, cidade que tem um núcleo histórico tombado na esfera federal, e que
passou por reforma em 2019. Embora não exista um elemento escultórico, a obra se destaca
na paisagem pelo vazio que cria: é o chão. Pensar no chão como elemento base e relevante na produção artística-urbanística nos leva também a pensar nos fundamentos teóricos necessários para uma correta abordagem dos problemas inerentes ao restauro, seja da arte, da arquitetura ou mesmo em escala urbana. O artigo busca refletir sobre a preservação dessa obra, e como pode colaborar para pensar outros elementos da paisagem em que se insere e conforma. O restauro, por definição, tem início com o reconhecimento que se faz de determinada obra. O percurso da análise é composto, primeiro, por uma introdução a Fronteira/Fonte/Foz. Em segundo lugar, faz-se a retomada de duas exposições da artista, que nos informam sobre aspectos relevantes para pensar sua preservação. Em terceiro, analisa-se os motivos que levaram às obras de restauro da praça em 2019 e a discussão sobre as intervenções realizadas naquele espaço. Finalmente, o artigo chama atenção para que essas questões sejam debatidas em campo próprio, cujo nome é “restauro”, independente do grau de intervenção, sinalizando alternativas para uma abordagem projetual mais responsável. O texto é construído a partir de fontes bibliográficas, documentais e da interlocução direta com envolvidos, além de visitas à referida obra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Augusto Vieira Santos, Universidade de São Paulo

Doutor pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, onde realizou o Mestrado em História e Fundamentos da Arquitetura e Urbanismo e graduou-se como arquiteto. Atualmente é professor visitante na Universidade Estadual de Feira de Santana, Bahia. E-mail:
pedro.nmv@gmail.com

Referências

FONTES IMPRESSAS

MUNICÍPIO DE LAGUNA. Manual da praça. Laguna: Prefeitura Municipal de Laguna, 2018.

LIVROS, ARTIGOS E TESES

AGAMBEN, Giorgio. L’uomo senza contenuto. Macerata: Quodlibet, 2013.

ANELLI, Renato. Da integração à autonomia: arte, arquitetura e cultura no Brasil (1950-1980).

In: 8° SEMINÁRIO DOCOMOMO BRASIL, 2009, Rio de Janeiro. Cidade moderna e

contemporânea: síntese e paradoxo das artes. Rio de Janeiro: UFRJ, 2009.

ANGELUCCI, Sergio. La manutenzione delle sculture in bronzo all’aperto: esperienze e

verifiche. In: SALVI, Antonella. Meteo e metalli: conservazione e restauro delle sculture

all’aperto, dal Perseo all’arte contemporanea. Bologna: Nardini Editore, 2007.

ARRUDA, Beatriz Cavalcanti de. Arte à mão armada. In: GROSS, Carmela. Carmela Gross. Rio

de Janeiro: Endora Arte Produções, 2017.

BALDINI, Umberto. Teoria del restauro e unità di metodologia. Firenze: Nardini, 1995. v. 1.

BELLINI, Amadeo. Cesare Brandi, una teoria dell’arte, una teoria del restauro? In: BORSA,

Davide. Le radici della critica di Cesare Brandi. Milano: Guerini Studio, 2000.

BELLUZZO, Ana Maria (Org.). Carmela Gross. São Paulo: Cosac Naify, 2000.

BRANDI, Cesare. Teoria da restauração. Cotia: Ateliê, 2004.

BRANDI, Cesare. La fine dell’Avanguardia. Macerata: Quodlibet, 2008.

CARBONARA, Giovanni. La reintegrazione dell’immagine: problemi di restauro dei monumenti.

Roma: Bulzoni, 1976.

CARBONARA, Giovanni. Renato Bonelli e il restauro architettonico. Bollettino dell’Istituto

Storico Artistico Orvietano, Orvieto, n. 58/2011, 2012.

COMETTI, Jean-Pierre. Conserver/Restaurer: L’ouvre d’art à l’époque de sa préservation

technique. [S. l.]: Gallimard, 2015.

FREITAS, Douglas de. A gigantesca cartilha de Carmela Gross para enfrentar o mundo. In:

GROSS, Carmela. Carmela Gross. Rio de Janeiro: Cobogó, 2017.

GROSS, Carmela. Carmela Gross. Rio de Janeiro: Cobogó, 2017.

JARAMILLO, Maria Matilde Villegas. Entre os morros e a lagoa: Laguna cidade documento.

Dissertação (Mestrado Profissional em Patrimônio Cultural) – Instituto do Patrimônio

Histórico e Artístico Nacional, Rio de Janeiro, 2016.

KÜHL, Beatriz Mugayar. Restauração hoje: método, projeto e criatividade. Desígnio, São Paulo,

n. 6. p. 19-34, 2006.

KÜHL, Beatriz Mugayar. Preservação do patrimônio arquitetônico da industrialização:

problemas teóricos de restauro. Cotia: Ateliê, 2008.

KÜHL, Beatriz Mugayar. Questões contemporâneas de restauro: a viabilidade da restauração.

In: SALCEDO, Rosío Fernández Baca; BENINCASA, Vladimir. Questões contemporâneas:

patrimônio arquitetônico e urbano. Bauru: Canal 6, 2017.

MIARELLI MARIANI, Gaetano. Riflessioni su un vecchio tema: il nuovo nella città storica.

Restauro, v. 32, n. 164, p. 11-48, 2003.

PETRAROIA, Pietro. Appunti sul ‘restauro preventivo’, oggi. In: BORDI, Giulia et al. L’officina

dello sguardo: scritti in onore di Maria Andaloro. Roma: Gangemi, 2014.

RUFINONI, Manoela Rossinetti. Preservação e restauro urbano: intervenções em sítios

históricos industriais. São Paulo: Edusp, 2013.

SALZSTEIN, Sônia. Fronteiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2005.

SANTOS, Milton. Espaço e método. São Paulo: Nobel, 1997.

SANTOS, Pedro Augusto Vieira. Restauro, arte contemporânea, espaço público etc. 2020. Tese

(Doutorado em História e Fundamentos da Arquitetura e Urbanismo) – Faculdade de

Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2020.

VARAGNOLI, Claudio. Marmora moderna: il piazzale del foro itálico a Roma tra restauri e

vandalismo. Opus, Pescara, v. 5, p.171-188, 1996.

SITES

LAGUNA. O que fazer. In: LAGUNA. Portal de Turismo de Laguna. Laguna: Secretaria de

Turismo e Lazer, [2019]. Disponível em: https://bit.ly/3lNQDUS. Acesso em: dez. 2019.

OBRA de Arte em Laguna (SC) homenageia Jogos Olímpicos. Revista Museu, [s. l.], 8 set. 2016.

Disponível em: https://bit.ly/30aFc20 Acesso em: dez. 2019.

PRAÇA do mosaico petit-pavé no Mar Grosso não terá mais espaços vazios. Município de

Laguna, [s. l.], 7 jun. 2018. Disponível em: https://bit.ly/31FwQA7. Acesso em: dez. 2019.

REQUERIMENTO n. 426/2013. Por Andrey Pestana de Farias e Rodrigo Luz de Moraes. Câmara

Municipal de Laguna. Resumo da 18ª Sessão Ordinária, Sessão Legislativa 1, Legislatura 17,

mai. 2013. Disponível em https://bit.ly/3RJjUxK. Acesso em: dez. 2019.

Downloads

Publicado

2022-11-04

Como Citar

Santos, P. A. V. (2022). Fronteira/Fonte/Foz: restauro da arte contemporânea no espaço público. Anais Do Museu Paulista: História E Cultura Material, 30, 1-31. https://doi.org/10.1590/1982-02672022v30e35

Edição

Seção

Conservação e Restauração