Sintomas do modo de vida burguês no Vale do Paraíba, Séc.XIX: fazenda São Fernando, Vassouras, RJ Exploração arqueológica e museológica

Autores

  • Tania Andrade Lima Universidade Estácio de Sá
  • Maria Cristina O. Bruno Universidade de São Paulo
  • Marta P. R. da Fonseca Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-47141993000100013

Palavras-chave:

Arqueologia Histórica, Exposição museológica, Fazendas de café, Vale do Paraíba, RJ., séc. XIX, Modo de vida burguês

Resumo

No âmbito de um projeto voltado para investigar arqueologicamente o surgimento do modo de vida burguês, que antecede a instalação da Durguesia propriamente dita no país, vêm sendo pesquisadas unidades de produção de café implantadas em meados do século passado no Vale do Paraíba Fluminense. A Fazenda São Fernando, situada no município de Vassouras RJ, na condição de um dos mais notáveis exemplos do processo de expansão, apogeu e decadência desta monocultura na região, foi trabalhada com vistas a se tornar um dos espaços destinados ao connecimento e divulgação desse passado. A Arqueologia e a Museologia, operando em fina sintonia, estão expondo e restituindo à comunidade as informações recuperadas em escavações sistemáticas na área e desta forma garantindo a preservação da sua memória.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

1993-01-01

Edição

Seção

Museus

Como Citar

LIMA, Tania Andrade; BRUNO, Maria Cristina O.; FONSECA, Marta P. R. da. Sintomas do modo de vida burguês no Vale do Paraíba, Séc.XIX: fazenda São Fernando, Vassouras, RJ Exploração arqueológica e museológica . Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 179–206, 1993. DOI: 10.1590/S0101-47141993000100013. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/5281.. Acesso em: 24 jun. 2024.