A sombra do imortal: reflexões sobre a nação e a memória

Autores

  • Elias Thomé Saliba Universidade de São Paulo; Departamento de História, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-47141996000100021

Palavras-chave:

Museu histórico, Coleções históricas, Miguel Calmon, Museu Histórico Nacional

Resumo

A partir do livro de Regina Abreu, A fabricação do imortal: memória, história e estratégias de consagração no Brasil, são discutidas as principais abordagens da problemática da nacionalidade. O tema central do livro é a coleção Miguel Calmon du Pin, doada ao Museu Nacional em 1936, que é analisada nos seus mais variados desdobramentos, tanto no que se refere às estratégias de consagração individual quanto às formas de construção cultural da brasilidade.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

1996-01-01

Edição

Seção

Resenhas

Como Citar

SALIBA, Elias Thomé. A sombra do imortal: reflexões sobre a nação e a memória . Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, São Paulo, v. 4, n. 1, p. 0–0, 1996. DOI: 10.1590/S0101-47141996000100021. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/5346.. Acesso em: 13 jul. 2024.