Transformações no espaço doméstico: o fogão a gás e a cozinha paulistana, 1870-1930

Autores

  • João Luiz Maximo da Silva Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; departamento de História; Programa de Pós-graduação

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-47142007000200018

Palavras-chave:

Cozinha, Publicidade, Fogão a gás, Trabalho doméstico, São Paulo

Resumo

Este artigo estuda algumas das transformações na cozinha paulistana, produzidas entre o último quartel do século XIX e as três primeiras décadas do século XX, pela introdução de novas premissas sanitárias, levadas a cabo por autoridades médicas e pela municipalidade. Além disso, procuramos discutir o papel das principais empresas de energia, como a The San Paulo Gas Company e, mais tarde, a The São Paulo Tramway Light and Power Company, na promoção da tecnologia do gás, e principalmente do fogão a gás - que elas oporão aos fogões a lenha e carvão. Estas empresas tiveram um importante papel na circulação de novas idéias de racionalização e higiene, contribuindo para a renovação do espaço doméstico que, pela tecnologia, passa a depender de um "sistema" de infra-estrutura destinado a articular, de uma forma inédita, o espaço privado ao espaço público.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2007-12-01

Edição

Seção

Estudos de Cultura Material

Como Citar

SILVA, João Luiz Maximo da. Transformações no espaço doméstico: o fogão a gás e a cozinha paulistana, 1870-1930 . Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, São Paulo, v. 15, n. 2, p. 197–220, 2007. DOI: 10.1590/S0101-47142007000200018. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/5479.. Acesso em: 25 jun. 2024.