Arquitetura residencial verticalizada em São Paulo nas décadas de 1930 e 1940

Autores

  • Maria Lúcia Bressan Pinheiro Universidade de São Paulo; Faculdade de Arquitetura Urbanismo

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-47142008000100004

Palavras-chave:

Apartamentos, Edifícios residenciais, Art Déco, Aluguel, São Paulo, Verticalização

Resumo

O presente trabalho aborda o tema, ainda pouco estudado, da arquitetura residencial verticalizada em São Paulo, nas décadas de 1930 e 1940. A partir de alguns estudos de caso representativos, são apresentadas observações relativas a aspectos como: as estratégias de disseminação da nova forma de morar; as opções estéticas disponíveis; a definição dos programas das unidades e as soluções de planta desenvolvidas. Espera-se evidenciar a riqueza e complexidade do assunto, que se configura não apenas como importante tema da história da arquitetura paulistana, mas, principalmente, como significativo patrimônio cultural da cidade, a ser conhecido e protegido.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2008-06-01

Edição

Seção

Estudos de Cultura Material

Como Citar

PINHEIRO, Maria Lúcia Bressan. Arquitetura residencial verticalizada em São Paulo nas décadas de 1930 e 1940 . Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 109–149, 2008. DOI: 10.1590/S0101-47142008000100004. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/5488.. Acesso em: 29 maio. 2024.