Do oceano dos clássicos aos mares dos impérios: transformações cartográficas do Atlântico sul

Autores

  • Carla Lois Universidad de Buenos Aires
  • João Carlos Garcia Universidade do Porto

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-47142009000200003

Palavras-chave:

Toponímia, Atlântico sul, Mar Oceano, Mar Etiópico, Mar do Norte, Mar Ocidental

Resumo

O artigo explora as diferentes designações toponímicas que o espaço geográfico situado no Atlântico sul recebeu na cartografia européia dos séculos XVI e XVII. Nela, a representação do espaço continental era mais comum do que o registro dos espaços marítimos, frequentemente denominados por designações particulares - mares regionais -, atribuídas segundo a linha da costa. Uma série de conexões podem ser estabelecidas com o processo de consolidação do tráfico negreiro e a concorrência interimperial.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2009-12-01

Edição

Seção

Estudos de Cultura Material

Como Citar

LOIS, Carla; GARCIA, João Carlos. Do oceano dos clássicos aos mares dos impérios: transformações cartográficas do Atlântico sul . Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, São Paulo, v. 17, n. 2, p. 15–37, 2009. DOI: 10.1590/S0101-47142009000200003. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/5512.. Acesso em: 23 maio. 2024.