La hora del museo: la sala Uriburu del Museo Histórico y Colonial de la Provincia de Buenos Aires (Luján, 1932)

Autores

  • María Élida Blasco Conicet-Archivo Histórico del Museo de La Plata

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-47142011000100004

Palavras-chave:

Museu Histórico e Colonial, Década de 1930, Sala Uriburu, Luján

Resumo

O artigo analisa o processo de instalação da Sala Uriburu, do Museu Histórico e Colonial da Província de Buenos Aires, fundado na cidade de Luján e aberto ao público em 1923. A sala foi inaugurada em 4 de setembro de 1932, e destinava-se a "honrar a memória" do líder da "Revolução" de 6 de setembro de 1930, poucos meses depois de sua morte. O objetivo é dar conta dos múltiplos fatores que incidiram na instalação, considerando que ela não pode ser explicada somente através da relação direta entre conjuntura política, atmosfera nacionalista e a necessidade de criar um mito para perpetuar sua memória. Propomos, então, explorar as práticas e dispositivos coletivos indispensáveis no processo de criação de evidências materiais para sustentar a visualização de um relato histórico.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Publicado

2011-06-01

Edição

Seção

Museus

Como Citar

BLASCO, María Élida. La hora del museo: la sala Uriburu del Museo Histórico y Colonial de la Provincia de Buenos Aires (Luján, 1932) . Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, São Paulo, v. 19, n. 1, p. 113–132, 2011. DOI: 10.1590/S0101-47142011000100004. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/5544.. Acesso em: 21 maio. 2024.