Nas asas da mariposa: a ciência e a fotografia de José Oiticica Filho

Autores

  • Andreas Valentin Universidade Estadual do Rio de Janeiro e Universidade Candido Mendes

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2015.105521

Palavras-chave:

fotografia moderna brasileira, vanguardas modernas brasileiras, José Oiticica Filho, JOF, fotografia alemã, Fotoform, Subjektive fotografie

Resumo

A partir da segunda metade dos anos 1940 e, principalmente, na década de 1950, a fotografia brasileira modernizou-se, inicialmente a partir dos circuitos fotoclubistas, destacando-se o Foto Cine Clube Bandeirantes em São Paulo e, em seguida, inserindo-se no contexto dos movimentos de vanguardas construtivistas brasileiros. Nesse cenário, sobressai-se a obra do entomólogo e fotógrafo José Oiticica Filho (1906-1964). Aqui é analisada sua produção fotográfica, contemplando a relação com suas pesquisas e métodos científicos e a aproximação com os movimentos concreto e neoconcreto. É apontada, também, a aproximação de sua obra com a fotografia alemã após a Segunda Guerra Mundial, em particular os grupos fotoform e subjektive fotografie

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-06-14

Como Citar

Valentin, A. (2015). Nas asas da mariposa: a ciência e a fotografia de José Oiticica Filho. ARS (São Paulo), 13(25), 31-49. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2015.105521

Edição

Seção

Arte, tecnologia e novas mídias