Suspensão e corpo vibrátil: experiências audiovisuais em luiz duVa

Autores

  • Christine Mello Pontifícia Universidade Católica de São Paulo [PUC SP] e Fundação Armando Alvares Penteado [FAAP]

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2015.105522

Palavras-chave:

audiovisuaI, suspensão do tempo, videoinstalação, corpo, luiz duVa.

Resumo

O artigo aborda algumas discussões que tangenciam a problemática do audiovisual na contemporaneidade. Para tanto, realiza uma análise sobre as relações entre imagem em meios digitais e corpo a partir da observação dos procedimentos empregados na videoinstalação Retratos in motion: o beijo (2005) do artista luiz duVa (São Paulo, 1965). A experiência audiovisual é aqui observada em suas significações táteis como o lugar do contato, como produção de alteridade. Ela depende majoritariamente dos atravessamentos que promove no corpo do visitante. O presente estudo objetiva verificar de que modo sensações por ela provocadas proporcionam desestabilização e estranhamento, ativando memórias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-06-14

Como Citar

Mello, C. (2015). Suspensão e corpo vibrátil: experiências audiovisuais em luiz duVa. ARS (São Paulo), 13(25), 51-61. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2015.105522

Edição

Seção

Arte, tecnologia e novas mídias