Roy Lichtenstein ou da reprodutibilidade técnica

  • Annateresa Fabris
Palavras-chave: Lichtenstein, clichê, pintura, fotografia, citação

Resumo

Na poética de Lichtenstein, estilo e iconografia são igualmente importantes. O pintor está menos interessado no objeto do que no estilo de seu tratamento a fim de conseguir uma imagem apresentada como uma totalidade. O uso de imagens provenientes da comunicação de massa pode ser considerado um teste com o clichê como tema e com as convenções da pintura moderna.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Annateresa Fabris
professora aposentada do Departamento de Artes Plásticas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo
Publicado
2015-12-22
Como Citar
Fabris, A. (2015). Roy Lichtenstein ou da reprodutibilidade técnica. ARS (São Paulo), 13(26), 62-83. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2015.106068
Seção
Arte, tecnologia e novas mídias