A relação entre crítica e produção na formação de um pensamento contemporâneo de arte no Brasil na década de 1970

  • Martha Telles Machado Faculdade Senai Cetiqt
  • Fernanda Torres Faculdade Senai Cetiqt
Palavras-chave: arte e crítica de arte, década de 1970, arte contemporânea, sistema de arte brasileiro

Resumo

Nos anos setenta, artistas e críticos do Rio de Janeiro e em São Paulo estabelecem singular colaboração, por meio de formação de grupos e parcerias que, como frentes de ação, propõem intervenções estratégicas no circuito de artes. Tais intervenções ocorreram simultaneamente a diagnósticos sobre impasses para viabilização da emergente produção artística, definidos na ideia de “precariedade” do circuito. Nesse processo, encontram-se discussões decisivas acerca do estatuto da arte contemporânea e da dimensão pública na arte brasileira. Junto aos debates políticos-culturais realizados no período da ditadura militar, identificamos nessas ações formulações teóricas e estéticas formadoras de um pensamento de arte contemporânea no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Martha Telles Machado, Faculdade Senai Cetiqt

Doutora em História Social da Cultura (PUC-Rio), tendo realizado estágio PDEE na CUNY(City University of New York). Tem experiência em história da arte contemporânea, história da arte brasileira e sistema de arte. Atua como pesquisadora e professora e curadora. Desde então, vem publicando artigos, ensaios, resenhas e livros.

Fernanda Torres, Faculdade Senai Cetiqt

Fernanda Lopes Torres. Mestre e Doutora em História Social da Cultura (PUC-Rio). Atua como professora (SENAI-CETIQT) e pesquisadora de arte (Multirio). Tem experiência em história da arte moderna e contemporânea, publica artigos em revistas universitárias e participou do Simpósio 'Global Pop' em 2013, na Tate Modern.

Publicado
2017-04-30
Como Citar
Machado, M., & Torres, F. (2017). A relação entre crítica e produção na formação de um pensamento contemporâneo de arte no Brasil na década de 1970. ARS (São Paulo), 15(29), 174-199. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2017.128182
Seção
Artigos