Iconografia musical na obra de Henri Rousseau

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2019.154437

Palavras-chave:

pintura, música, analogias, Henri Rousseau

Resumo

Número significativo de artistas, teóricos da música e historiadores da arte exploraram a diversidade e complexidade dos nexos entre pintura e música ao longo dos séculos. No domínio das artes visuais, as referências à música são abundantes, ganhando expressão tanto pelos temas iconográficos quanto pela reflexão sobre os fundamentos da linguagem musical (ritmo, harmonia, cromatismo). A partir das analogias e interferências entre as duas formas de expressão, propomos uma leitura crítica desse fenômeno na obra de Henri Rousseau, artista francês que desenvolveu uma iconografia particular inspirada no assunto, através da qual explora as possibilidades de representação pictórica da música, tendo em vista efeitos de sentido integrados às suas narrativas visuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrei Fernando Ferreira Lima, Universidade de São Paulo

Andrei Fernando Ferreira Lima é Bacharel em Letras (2014) e Mestre (2016) pela Universidade de São Paulo, onde atualmente desenvolve pesquisa de doutoramento pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês. Atua nas áreas de Literatura Francesa, Literatura Comparada e Teoria da Arte.

Downloads

Publicado

2019-12-30

Como Citar

Lima, A. F. F. (2019). Iconografia musical na obra de Henri Rousseau. ARS (São Paulo), 17(37), 163-181. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2019.154437

Edição

Seção

Artigos