Entre Japão, Brasil e México: circulações, conexões e transferências

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2022.183520

Palavras-chave:

Arte, Circulação, Imigração, Japão, Brasil, México

Resumo

Este artigo trata das mobilidades e circulações de artistas ocorridas entre Brasil e Japão e entre México e Japão, não apenas dos imigrantes, mas também daqueles que permaneceram nesses países provisoriamente. A pesquisa pauta-se na visão da história global, cujo foco transcende as fronteiras nacionais, e aposta nas aderências, transferências e conexões estabelecidas em rede. Deslocam-se objetos e seres humanos e, com eles, os pensamentos; no caso artístico, as técnicas, temáticas e os suportes que são inseridos em novos trabalhos de uma nova realidade cultural. Busca-se identificar as formas de deslocamento, das circulações e as relações engendradas nas obras artísticas, em suas diferentes dinâmicas, no Brasil, no México e no Japão, por meio de alguns artistas nipo-brasileiros e nipo-mexicanos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michiko Okano, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Brasil

Michiko Okano é professora associada de História da Arte da Ásia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP); professora colaboradora na pós-graduação da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), no Programa de Língua, Literatura e Cultura Japonesa. É coordenadora do Grupo de Estudos Arte Ásia. Autora do livro Ma: entre-espaço da arte e comunicação no Japão (Annablume, 2011), Manabu Mabe (Folha de S. Paulo, 2013), curadora de "Olhar InComum: Japão Revisitado" (2016, Museu Oscar Niemeyer, Curitiba) e "Transpacific Borderlands: The Art of Japanese Diaspora in Lima, Los Angeles, Mexico City and São Paulo" (2017/18, Japanese American National Museum, Los Angeles).

Yuko Kawahara, Universidade Autónoma do México (UNAM), México

Yuko Kawahara é pesquisadora e artista. Nascida em Tóquio, Japão. Estudou Comunicação na Universidade do Sagrado Coração de Tóquio. Trabalhou como criadora e redatora na agência Dentsu INC. (2003-2009), obtendo prêmios em várias competições. Fez mestrado e doutorado na Faculdade de Artes e Desenho na Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM). Mora em São Paulo desde 2018.

Referências

AMARAL, Aracy (org.). Um círculo de ligações: Foujita no Brasil, Kaminagai e o jovem Mori. Catálogo da exposição realizada de março a junho de 2008 no CCBB. São Paulo: Banco do Brasil, 2008.

CORONEL RIVERA, Juan Rafael. Luis Nishizawa: Takuhon. In Nishizawa: Luz y explosión de color. Estado de México: Fondo Editorial, 2013.

ESPAGNE, Michel. Cultural Transfers in Art History. In KAUFMANN, Thomas DaCosta et alii. Circulations in the Global History of Art. Londres e Nova Iorque: Routledge, 2015.

ESPAGNE, Michel. La notion de transfert culturel. Reve Sciences/Lettres (en ligne). 1/2013, mis en ligne le 01 mai 2012. Disponível em: <http://journals.openedition.org/rsl/219>. Acesso em: 24 mar. 2021.

FUKUZAWA, Ichiro. 福沢一郎 Tokushū Mekishiko 特集 ・ メキシコ (Artigo especial: México). Bijutsu Techô. (美術手帖) Tóquio, n. 84, ago. 1954, pp. 31-63, Bijutsu Shuppan-sha.

GARCIA BARRAGAN, Elisa. El paisaje como poema íntimo de su existencia. In Nishizawa: Luz y explosión de color. Estado de México: Fondo Editorial, 2013.

HANDA, Tomoo. Senso estético na vida dos imigrantes japoneses. In Vida e arte dos japoneses no Brasil. São Paulo: MASP/Banco América do Sul, 1988.

HANDA, Tomoo. A propósito dos grupos de estudos da arte. Jornal Nippak, São Paulo, 1935, n.p.

HIRADE, Takashi. (平出隆). Kawara On to Mekishiko 河原温とメキシコ (On Kawara e México). In Mehiko no shōgeki メヒコの衝撃 (Choque do México). [Catálogo de exposição]. Museu da Arte Lakeside Ichihara (市原湖畔美術館), Chiba: Gendai Kikakushitsu, 2021.

JUNEJA, Monica. Global Art History and the “Burden of Representation". In BELTING, Hans; BIRKEN, Jacob; BUDDENSIEG, Andrea; WEIBEL, Peter (eds). Global Studies: Mapping Contemporary Art and Culture. Ostfildern: Hatje Cantz, 2011. pp. 274-297.

JUNEJA, Monica. Circulation and Beyond – The Trajectories of Vision in Early Modern Eurasia. In KAUFMANN, Thomas DaCosta et al. Circulations in the Global History of Art. Londres e Nova Iorque: Routledge, 2015, pp. 59-77.

KAISE, Chisato (貝瀬千里). Okamoto Tarō no kamen 岡本太郎の仮面 (A máscara de Tarō Okamoto). Tóquio: Fujiwara Shoten, 2013.

KITAGAWA, Tamiji (北川民次). E o kaku kodomo tachi - Mekishiko no omoide - 絵を描く子供たち‐メキシコの思い出 ‐ Crianças que desenham pinturas – memórias do México. Tóquio: Iwanami, 1952.

KITAGAWA, Tamiji (北川民次). Bijutsu Kyōiku to Yūtopia—Kitagawa Tamiji Bijutsu Kyōiku Ronshū - 美術教育とユートピアー北川民次美術教育論集 (Educação artística e utopia - Coleção das obras de Tamiji Kitagawa sobre educação artística). Tóquio: Sogen-sha, 1969a.

KITAGAWA, Tamiji (北川民次). Mekishiko no seishun-15 nen o indian to tomo ni メキシコの青春-15年をインディアンと共に (Juventude no México -15 anos junto com os indígenas). Tóquio: Sogen-sha, 1969b.

LOURENÇO, Maria Cecília França. Nipo-brasileiros. Da luta nos primeiros anos à assimilação local. In Vida e arte dos japoneses no Brasil. São Paulo: MASP/Banco América do Sul, 1988, pp. 39-103.

LOURENÇO, Maria Cecília França. Originalidade e recepção dos artistas plásticos nipo-brasileiros. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, São Paulo, n. 39, 1995, pp. 21-37.

MAGALHÃES, Fernanda Torres. Burajiru e ikimashō: vamos para o Brasil! In CARNEIRO, Maria Luiza Tucci; TAKEUCHI, Márcia Yumi. Imigrantes japoneses no Brasil: trajetória, imaginário e memória. São Paulo: Edusp, 2010, pp. 339-347.

MUSEU DA ARTE SETAGAYA (Setagawa Bijutsukan 世田谷美術館). Kōjin Toneyama-ten – taiyō to kodai, soshite eien e no shōkei. 利根山光人展―太陽と古代・そして永遠への憧憬. (Exposição Kōjin Toneyama ─ O sol, o antigo, e o anseio pela eternidade). Tóquio: Museu de Arte de Setagaya, 1995.

MUSEU NACIONAL DE TÓQUIO. (Tōkyō Kokuritsu Hakubutsukan 東京国立博物館). Katarogu Mekishiko-Bijutsu ten. カタログ「メキシコ美術展」(Exposição de Arte Mexicana). Catálogo da exposição realizada no Museu Nacional de Tóquio em 1955.

OKANO, Michiko. Manabu Mabe. Coleção Folha Grandes Pintores Brasileiros. São Paulo: Folha de S.Paulo, 2013.

PEREIRA, Nilza de Oliveira Martins; OLIVEIRA, Luiz Antônio Pinto de. Trajetória dos imigrantes japoneses no Brasil: censo demográfico 1920/2000. In SAKURAI, Célia; PRATES COELHO, Magda. Resistência e integração: 100 anos de imigração japonesa no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 2008.

SAKURAI, Célia. Os japoneses. São Paulo: Contexto, 2007.

TANAKA, Shinji. Burajiru Nikkei Bijutsushi (História da Arte Nipo-Brasileira). São Paulo: Centro de Estudos Nipo-Brasileiros, 2016.

TANAKA, Keiichi. (田中敬一). Kitagawa Tamiji to Mekishiko Runesansu 北川民次とメキシコ・ルネサンス (Tamiji Kitagawa e o Renascimento Mexicano). In Mehiko no shōgeki メヒコの衝撃 (Choque do México). Catálogo de exposição. Museu da Arte Lakeside Ichihara (市原湖畔美術館), Chiba: Gendai Kikakushitsu, 2021.

TIRAPELI, Percival. São Paulo, artes e etnias. São Paulo: Editora Unesp: Imprensa Oficial, 2007.

TOMIMATSU, Maria Fusako. Kazuo Wakabayashi: um artista imigrante. São Paulo: Editora Porto de Ideias, 2017.

Downloads

Publicado

2022-04-30

Como Citar

Okano, M., & Kawahara, Y. (2022). Entre Japão, Brasil e México: circulações, conexões e transferências. ARS (São Paulo), 20(44), 218-274. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2022.183520

Edição

Seção

Artigos