Judith Scott: a tessitura do devir

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2021.187431

Palavras-chave:

Judith Scott, Arte ínsita, Intuição, Fenomenologia, Henri Bergson

Resumo

Este artigo aborda o fiar como devir nas obras de Judith Scott (1943-2005), artista trissômica, iletrada e inábil para a linguagem verbal. O intento é examinar a índole intuitiva e a temporalidade – a formatividade prioriza o processo ao produto. A temporalidade será abordada a partir da filosofia bergsoniana. Frequentemente, expressões ínsitas são sufocadas pelo conhecimento teórico, por “ideias muito possuídas”, em termos pontyanos. Deduzir aleatoriedade é um equívoco, orientado pela generalidade. Considerando o ineditismo da pesquisa sobre a estadunidense no Brasil, esta reflexão contribui com a diversidade de perspectivas sobre processos de saber artístico e com a consolidação da fortuna crítica, além de proporcionar uma discussão sobre a possibilidade de pensar a arte a partir de uma perspectiva fenomenológica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Solange de Oliveira

Solange de Oliveira é doutora em Psicologia Social pelo Instituto de Psicologia da USP e pós-doutorada em Estética e Filosofia Contemporânea pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Há dez anos desenvolve pesquisa de fenomenologia estética sobre a produção de criadores iletrados artisticamente, que se expressam através da imagem prioritariamente à linguagem verbal. Foi docente na área de formas expressivas no Departamento de Artes Visuais e Design da Universidade Federal de Sergipe (DAVD/UFS) e atualmente mantém uma plataforma de conteúdo digital, o Ateliê Tessitura, que aborda a arte, entre a fruição e a reflexão existencial.

Referências

ARNHEIM, Rudolph. Arte e percepção visual: uma psicologia da visão criadora / trad. Yvonne Terezinha de Faria. São Paulo: Pioneira, Editora da Universidade de São Paulo, 1997.

BELTING, Hans. A Exposição das Culturas / trad. A. Morão. Project Ymago. Porto, Portugal: Ymago News Edições e Conferências, documento no ar desde 2011. Disponível em: <http://www.proymago.pt>. Acesso em: fev. 2015.

BERGSON, Henri. Ensaio sobre os dados imediatos da consciência. Lisboa: Edições 70, 1988.

BERGSON, Henri. Evolução criadora. 2ª ed. Coleção Tópicos. Trad. Bento Prado Neto. São Paulo: Martins Fontes, 2005b.

BERGSON, Henri. O Pensamento e o movente. Ensaios e conferências. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

FROTA, Lélia Coelho. Mitopoética de 9 artistas brasileiros. Rio de Janeiro: Edição Funarte, 1978.

LOMBARDI, Sarah.; PEIRY Lucienne. Collection de l’Art Brut: catalogue. Collection de l’Art Brut, sous la direction de Lucienne Peiry. 176 p.; il. Paris: Collection de l’Art Brut et Skira-Flammarion, 2012.

MACGREGOR, John. M.; SCOTT, Joyce; BORENSZTEIN, Leon. Metamorphosis: The Fiber Art of Judith Scott: The outsider Artist and the Experience of Down’s Syndrome. Oakland/CA: Creative Growth Art Center, 1999.

MACGREGOR, John M.; BORENSZTEIN, Leon; MARIA, Tom di. One is Adam. One is Superman. The Outsider Artists of Creative Growth. Photographs by Leon Borensztein. Essay by John M. MacGregor. Introduction by Tom di Maria. San Francisco/CA: Chronicle Book, 2004.

MORRIS, Catherine; HIGGS, Matthew. Judith Scott: Bound and unbound: catalog / curator Catherine Morris, Sackler Family Curator of the Elizabeth A. Sackler Center for Feminist Art; co-curator Matthew Higgs. Brooklin, NY: Brooklyn Museum & Del Monico Books; Prestel and Brooklyn Museum, 2014.

OLIVEIRA, Solange de. Arte por um fio: mitopoética nas obras têxteis de Bispo do Rosário e de Judith Scott. 2017. Tese (Doutorado em Psicologia Social); Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. doi:10.11606/T.47.2017.tde-14112017-173649. Acesso em: 11 out. 2011.

THÉVOZ, Michel. L’ Art Brut. Genebra: Editions D’art Albert Skira, 1980.

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

Oliveira, S. de. (2021). Judith Scott: a tessitura do devir . ARS (São Paulo), 19(43), 116-154. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2021.187431

Edição

Seção

Artigos