A relevância de Klein hoje

  • Yve-Alain Bois
Palavras-chave: Yves Klein, Theodor Adorno, Richard Wagner, indústria cultural, espetáculo

Resumo

Para se aproximar do trabalho de Yves Klein, o autor reproduz alguns argumentos de Theodor Adorno sobre a música de Wagner, formulados em dois momentos - em 1937-1938, sob a experiência do fascismo, e em 1963, com 30 anos de "distância". No primeiro texto, Adorno mostrava, na obra de Wagner, os aspectos que traíam a gestação do fascismo. No segundo reconhecia que, com o novo momento histórico, outras camadas vinham à baila naquela obra; ela havia mudado, e a posição de Adorno em relação a ela tornava-se "ambivalente". Partindo do paralelismo com Wagner, Bois revisita o trabalho de Klein buscando revelar, em seus ardis e encenações, para além da simples adesão aos expedientes da indústria cultural, uma espetacularização do próprio espetáculo, que acaba por esvaziá-lo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-01-01
Como Citar
Bois, Y.-A. (2010). A relevância de Klein hoje . ARS (São Paulo), 8(15), 54-73. https://doi.org/10.1590/S1678-53202010000100005
Seção
Arte, tecnologia e novas mídias