[1]
J. G. Parisi, “Umberto Baldini, Ornella Casazza e Alessandro Conti: a obra de arte e sua existência no tempo”, ARS, vol. 19, nº 43, p. 395-430, dez. 2021.