[1]
R. . Bittencourt, “Sou eu que dou as ordens: a autorrepresentação de Heitor dos Prazeres”, ARS, vol. 20, nº 45, p. 14-54, ago. 2022.