Criatividade e comunicação intercultural cênica

Autores

  • Inaicyra Falcão dos Santos Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Arte, Dança, Educação, Memória.

Resumo

As limitações conceituais acerca da dança afro ou, como a considero, africano-brasileira se devem às bases epistemológicas hegemônicas constituídas oficialmente, as quais não fornecem referenciais que difundam a diversidade artística em seus distintos aspectos e contextos. Nessa vivência, delineio a trilha concebida na tese de doutorado Corpo e ancestralidade cuja proposta indica possibilidades de pesquisa e criação nas artes cênicas e na educação, a partir da relação entre a arte e a tradição africano-brasileira. Nessa conjunção, proponho trilhas que entrelaçam estudo, ensino e processo criativo, e, sobretudo, destaco novas possibilidades para os ensinamentos ancestrais africanos no entendimento mais amplo da comunicação intercultural na contemporaneidade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Inaicyra Falcão dos Santos, Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas

Professora doutora livre-docente do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas.

Referências

ANDRAUS, M. B. M. Arte marcial na formação do artista da cena. Jundiaí: Paco, 2014.

BROWN, J. M. The vision of modern dance. Trenton: Princeton Book, 1979.

SANTOS, D. M. Tradição e contemporaneidade. In: COLOQUIO MAGICIENS DE LA TERRE, 1989, Paris. Procédures… Paris: Musée National d’Art Moderne/Centre Georges Pompidou, 1989.

SANTOS, I. F. Da tradição africana brasileira a uma proposta pluricultural de dança-arte-educação. 1996. 203 p. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996.

______. Corpo e ancestralidade: uma proposta pluricultural de dança-arte-educação. 3. ed. São Paulo: Terceira Margem, 2014.

TARKOVSKI, A. Esculpir o tempo. São Paulo: Martins Fontes, 1990.

Downloads

Publicado

2017-09-07

Como Citar

Santos, I. F. dos. (2017). Criatividade e comunicação intercultural cênica. Revista Aspas, 7(1), 6-19. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/aspas/article/view/134014