A formação de diretores de arte no Brasil

Autores

  • Carolina Bassi de Moura Universidade Federal do Rio de Janeiro - UNIRIO

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-3999.v10i2p159-173

Palavras-chave:

Direção de arte, Diretor(a) de arte, Formação superior, Cinema, Dramaturgia visual

Resumo

A formação em direção de arte no Brasil, atualmente, é tortuosa, intuitiva e fragmentada, dificultando o aprendizado do estudante, o trabalho do profissional no mercado de trabalho e podendo prejudicar a qualidade das produções. Este artigo faz um cruzamento de minha observação como profissional em produções cinematográficas e docente pesquisadora em universidades com a de outros profissionais da área acerca do tema. Serão usadas a minha tese A direção e a direção de arte, (MOURA, 2015), publicações (BRUTUCE; BOUILLET, 2017) (HAMBURGER, 2014) e debates específicos (SEMANA ABC, 2015 e 2018). Desejo com este artigo apontar necessidades desta formação, para que um pensamento possa ser melhor desenvolvido nas universidades, suprindo as carências apontadas.A formação em direção de arte no Brasil, atualmente, é tortuosa, intuitiva e fragmentada, dificultando o aprendizado do estudante, o trabalho do profissional no mercado de trabalho e podendo prejudicar a qualidade das produções. Este artigo faz um cruzamento de minha observação como profissional em produções cinematográficas e docente pesquisadora em universidades com a de outros profissionais da área acerca do tema. Serão usadas a minha tese A direção e a direção de arte, (MOURA, 2015), publicações (BRUTUCE; BOUILLET, 2017) (HAMBURGER, 2014) e debates específicos (SEMANA ABC, 2015 e 2018). Desejo com este artigo apontar necessidades desta formação, para que um pensamento possa ser melhor desenvolvido nas universidades, suprindo as carências apontadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Bassi de Moura, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UNIRIO

Mestre em Artes Cênicas pela ECA/USP, graduada em Comunicação Social – Rádio e TV pela UNESP. Pesquisadora, professora adjunta e coordenadora do Bacharelado em Cenograa e Indumentária da UNIRIO. Diretora de arte, cenógrafa e gurinista. Interessada na construção poética da imagem em cinema, TV, teatro, performance, fotograa, literatura, música e artes em geral.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Moura, C. B. de . (2020). A formação de diretores de arte no Brasil. Revista Aspas, 10(2), 159-173. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3999.v10i2p159-173

Edição

Seção

Do Lado de Fora do Teatro