Movimento a Dança se Move diante de retrocessos das políticas culturais estruturantes

Autores

  • Helena Bastos Universidade de São Paulo
  • Vanessa Macedo Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-3999.v9i2p23-44

Palavras-chave:

AtoFórum, Capitalismo criativo, Políticas culturais, Movimento A Dança se Move

Resumo

“O que veio primeiro: arte ou mercado financeiro?” (Gielen, 2015). Nesta provocação, está implícito que investir é uma atividade criativa. Dimensões úmidas e planas vão se constituindo e povoando cada vez mais nosso modo de lidar com criação. Os atuais modos de aglutinação praticam outros tipos de cooperação que se transformam em coletivos temporários. Desejamos investigar tais fenômenos através das formas de comunicação que inventam e da ambivalência e da dissimetria que os constituem. Dessas perspectivas, propomos uma discussão no cruzamento entre três eixos: Movimento a Dança se Move, AtoFórum contra a Criminalização da ArteCultura e Capitalismo Criativo. Autores como Giorgio Agamben e Pascal Gielen são norteadores nessa discussão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helena Bastos, Universidade de São Paulo

Co-Diretora do Grupo Musicanoar, fundado em 1992. Bailarina e coreógrafa. Professora na graduação e pós-graduação do Departamento de Artes Cênicas/CAC da ECA da USP. Chefe de Departamento (2011-2014) e Coordenadora de Curso (2017-2019). Credenciada no PPGAC da ECA/USP.

Vanessa Macedo, Universidade de São Paulo

Diretora da Cia Fragmento de Dança, de São Paulo-SP, fundada em 2002. Coreógrafa, bailarina e pesquisadora. Bacharel em Direito (UFRN), mestre em Artes (UNICAMP) e doutora em Artes Cênicas (ECA-USP).

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

Bastos, H., & Macedo, V. . (2019). Movimento a Dança se Move diante de retrocessos das políticas culturais estruturantes. Revista Aspas, 9(2), 23-44. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3999.v9i2p23-44