[1]
M. R. G. de Oliveira, “Minha vida em cor-de-rosa: cenas e encenações da transexualidade feminina na infância”, Rev. Aspas, vol. 8, nº 1, p. 108-129, out. 2018.