[1]
I. Launay, “As danças de depois”, Rev. Aspas, vol. 9, nº 1, p. 24-42, ago. 2019.