[1]
L. B. Savastano, “O lugar impossível do corpo na cidade”, Rev. Aspas, vol. 10, nº 1, p. 125-153, nov. 2021.