Cyperaceae e Juncaceae no Parque Estadual de Ibitipoca, Minas Gerais, Brasil

Autores

  • Dayara Borges Silva Jardim Botânico do Rio de Janeiro
  • Rafaela C. Forzza Jardim Botânico do Rio de Janeiro
  • Marccus Alves Universidade Federal de Pernambuco; Departamento de Botânica

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9052.v27i2p219-234

Palavras-chave:

campos rupestres, flora, taxonomy, Serra da Mantiqueira

Resumo

O Parque Estadual de Ibitipoca (PEIB), localizado no sudeste do estado de Minas Gerais (21º40'-21º44'S, 43º52'-43º55'W) abriga em sua área grandes extensões de campos rupestres entremeado por porções de florestas. Foram encontradas no Parque um total de 23 espécies distribuídas em nove gêneros de Cyperaceae e uma espécie de Juncaceae. Os táxons observados ocorrem em áreas abertas com solos arenosos a rochosos e áreas sazonalmente alagadas, além do sub-bosque das florestas. Lagenocarpus rigidus é a espécie mais comum na área do Parque, formando touceiras densas em áreas de campo rupestre com solo arenoso úmido. Bulbostylis carajana e B. distichoides são registrados pela primeira vez para a Região Sudeste do Brasil, reforçando a necessidade de estudos de floras locais para o melhor entendimento da distribuição das espécies.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2009-12-01

Edição

Seção

Série

Como Citar

SILVA, Dayara Borges; FORZZA, Rafaela C.; ALVES, Marccus. Cyperaceae e Juncaceae no Parque Estadual de Ibitipoca, Minas Gerais, Brasil . Boletim de Botânica, São Paulo, Brasil, v. 27, n. 2, p. 219–234, 2009. DOI: 10.11606/issn.2316-9052.v27i2p219-234. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/bolbot/article/view/11767.. Acesso em: 19 jul. 2024.