Formation of Protocorm-like Bodies from Root Apices of Catasetum pileatum (Orchidaceae) Cultivated in vitro. II. Some Non-hormonal Requirements Involved in the Regeneration

Autores

  • J.E. Kraus Departamento de Botânica USP
  • G.B. Kerbauy Departamento de Botânica USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9052.v13i0p31-40

Palavras-chave:

Catasetum pileatum, orchid, root apex, protocorm-like body

Resumo

Os efeitos de diferentes tipos de meios de cultura, nutrientes orgânicos, carvão ativado, estado físico do meio e tamanho dos explantes foram estudados em relação a conversão de ápices radiculares de C. pileatum em protocormóides (PLB). O meio MS modificado foi o que mais favoreceu a indução de protocormóides quando comparado aos meios mais diluídos. A manutenção do crescimento do explante radicular e a formação de protocormóides foi dependente da presença de uma fonte de carbono no meio: sacarose, glicose e frutose mostraram ser as fontes mais efetivas. Bacto-peptona estimulou a regeneração de protocormóides. Em meio líquido os ex­plantes mostraram uma tendência para a regeneração de PLB do tipo múltiplo. O carvão ativado mostrou ser eficaz na transformação dos ápices radiculares em protocormóides. Verificou-se uma relação inversa entre o tamanho do explante e a ca­pacidade de formação de protocormóides.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1992-06-25

Como Citar

Kraus, J., & Kerbauy, G. (1992). Formation of Protocorm-like Bodies from Root Apices of Catasetum pileatum (Orchidaceae) Cultivated in vitro. II. Some Non-hormonal Requirements Involved in the Regeneration. Boletim De Botânica, 13, 31-40. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9052.v13i0p31-40

Edição

Seção

Artigos