A Subtribo Pleurothallidinae (Orchidaceae) no Parque Estadual de Ibitipoca, Minas Gerais, Brasil

Autores

  • L.M. Neto Departamento de Botânica USP
  • R.J.V. Alves Departamento de Botânica USP
  • R.C. Forzza

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9052.v25i2p253-278

Palavras-chave:

“campo rupestre”, Atlantic rain forest, cloud forest, flora

Resumo

O Parque Estadual de lbitipoca (PEIB), situado no sudeste do estado de Minas Gerais, apresenta em sua área um mosaico de formações vegetais, onde o campo rupestre ocupa a maior extensão, sendo entremeado por áreas florestais. Em um levantamento da subtribo Pleuro­thallidinae foram registradas 24 espécies distribuídas em quatro gêneros: Pleurathallis (sensu lato) foi o mais numeroso com 13 espécies, seguido por Octomeria e Stelis, com cinco espécies cada, e Masdevallia com apenas uma espécie. A grande maioria dos táxons foi encontrada como epífita no interior de floresta. Apenas seis espécies também foram registradas na borda das matas, na transição do campo rupestre com a mata ou no campo rupestre. O estudo da distribuição geográfica revelou um novo registro para a flora de Minas Gerais e ampliou o conhecimento sobre a distribuição de muitas espécies, destacando a semelhança da flora de Orchidaceae da área estudada com áreas da floresta atlântica. São apresentados descrições e chaves de identificação dos gêneros e espécies, comentários e ilustrações

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-01

Como Citar

Neto, L., Alves, R., & Forzza, R. (2007). A Subtribo Pleurothallidinae (Orchidaceae) no Parque Estadual de Ibitipoca, Minas Gerais, Brasil. Boletim De Botânica, 25(2), 253-278. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9052.v25i2p253-278

Edição

Seção

Artigos