Annonaceae do Parque Nacional da Serra da Canastra, Minas Gerais, Brasil.

Autores

  • A.F. Pontes Departamento de Botânica USP
  • R. Mello-Silva Departamento de Botânica USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9052.v23i1p71-84

Palavras-chave:

Annonaceae, Annona, Duguetia, Guatteria, Xylopia, Flora of Serra da Canastra National Park, Minas Gerais

Resumo

Este trabalho apresenta o tratamento taxonômico da família Annonaceae do Parque Nacional da Serra da Canastra. O Parque, que compreende uma área de 71.525 ha, está situado no sudoeste do Estado de Minas Gerais, entre as coordenadas de 20°00'-20°30' S e 46°15'-47°00' W. As altitudes variam de 900 a 1496 m. Os tipos de vegetação predominantes na área são o cerrado sensu lato, os campos rupestres e as florestas mesofíticas, ao longo dos cursos d'agua. Quatro gêneros e oito espécies ocorrem no Parque Nacional da Serra da Canastra: Annona coriacea, A. warmingiana, Duguetia furfuracea, D. lanceolata, Guatteria sellowiana, Xylopia aromatica, X. brasiliensis e X. sericea. São apresentados chaves de identificação para gêneros e espécies, descrições, ilustrações, dados sobre distribuição geográfica, fenologia e comentários sobre os táxons.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2005-06-03

Como Citar

Pontes, A., & Mello-Silva, R. (2005). Annonaceae do Parque Nacional da Serra da Canastra, Minas Gerais, Brasil. Boletim De Botânica, 23(1), 71-84. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9052.v23i1p71-84

Edição

Seção

Artigos