Asclepiadoideae (Apocynaceae) do Parque Nacional da Serra da Canastra, Minas Gerais, Brasil

Autores

  • Mariana Farinaccio Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo
  • Renato de Mello-Silva Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9052.v22i1p53-92

Palavras-chave:

Asclepiadoideae, Apocynaceae, Parque Nacional da Serra da Canastra, Minas Gerais

Resumo

Este trabalho trata das Asclepiadoideae (Apocynaceae) do Parque Nacional da Serra da Canastra, que possui 71.525 há. e está localizado no sudoeste de Minas Gerais, entre as coordenadas 20º00´-20º30´S e 46º15´-47º00´W. As cotas altimétricas variam entre 900 e 1200m, atingindo um máximo de 1496m. Dentre as formações vegetais predomina o cerrado s.l., seguido do campo rupestre, mas podem ser encontradas florestas mesofiticas ao longo dos cursos d´água. No Parque Nacional da Serra da Canastra ocorrem nove gêneros e 25 espécies de Asclepiadoideae, sendo três recentemente descritas: Barjonia erecta, B. cf. laxa, Blepharodon ampliforum, B. lineare, B. nitidum, Ditassa acerosa, D. cordata, D. lenheirensis, D. obcordata, D. insignis, D. obscura, Hemipogon acerosus, Jobinia lindbergii, Macroditassa adnata, Nautonia nummularia, Oxypetalum appendiculatum, O. capitatum, O. erectum, O. foliosum, O. habrogynum, O. helios, O. insigne, O. pachygymum, O. warmingii e Tassadia propinqua. . São apresentadas chaves de identificação para gêneros e espécies, descrições, ilustrações, informações sobre distribuição geográfica e fenologia, além de comentários sobre os táxons.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Farinaccio, Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo

Departamento de Botânica

Renato de Mello-Silva, Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo

Departamento de Botânica

Downloads

Publicado

2004-06-23

Como Citar

Farinaccio, M., & Mello-Silva, R. de. (2004). Asclepiadoideae (Apocynaceae) do Parque Nacional da Serra da Canastra, Minas Gerais, Brasil. Boletim De Botânica, 22(1), 53-92. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9052.v22i1p53-92

Edição

Seção

Série