A cidade e seus agentes: práticas e representações

Autores

  • Margareth da Luz Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v16i16p269-273

Resumo

FRÚGOLI Jr., Heitor; ANDRADE, Luciana T.; PEIXOTO, Fernanda A. (orgs.). A cidade e seus agentes: práticas e representações. Belo Horizonte/ São Paulo: PUC Minas/Edusp, 2006. 408 p.

A cidade como objeto específico de estudo
e não apenas como cenário - onde determina-
dos fenômenos ocorrem - é o que assinala a
perspectiva que “toma a cidade ou o contexto
urbano como tema substancial de reflexão”1,
na direção da constituição de uma autêntica
antropologia urbana, ou seja, de uma antropo-
logia da cidade e não apenas na cidade. Esse
esforço de compreensão da cidade e do urbano
resultou na organização de dois fóruns de pes-
quisa durante a 23a. e a 24a. Reunião Brasileira
de Antropologia promovidas pela Associação
Brasileira de Antropologia (ABA): “Cidades,
representações e experiência social” (Gramado,
2002)2 e “As múltiplas faces da cidade e do ur-
bano” (Olinda, 2004).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Margareth da Luz, Universidade Federal Fluminense

Doutora em Antropologia/UFF

Downloads

Publicado

2007-03-30

Como Citar

Luz, M. da. (2007). A cidade e seus agentes: práticas e representações. Cadernos De Campo (São Paulo - 1991), 16(16), 269-273. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v16i16p269-273

Edição

Seção

Resenhas