Entre filosofias e etnologias, uma conversa sobre Claude Lévi-Strauss - Entrevista com Philippe Descola

Autores

  • Edson Tosta Matarezio Filho Universidade de São Paulo
  • Philippe Descola École des Hautes Études

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v24i24p349-367

Palavras-chave:

Philippe Descola, Antropologia, Etnologia

Resumo

Entrevista com Philippe Descola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edson Tosta Matarezio Filho, Universidade de São Paulo

Formado em Ciências Sociais (USP), bacharelado e licenciatura. Mestre em Antropologia Social (USP), com dissertação sobre os índios Waimiri-Atroari, enfatizando o parentesco, ritual e noção de pessoa deste índios; incluindo uma análise comparativa de diversos povos de língua Caribe. Dissertação de mestrado indicada pela banca para concorrer à melhor dissertação do ano do Departamento de Antropologia - USP (2010). Primeiro colocado na classificação de seleção para Doutorado 2010/2011 do PPGAS/USP, com pesquisa em andamento sobre a música, ritual, mitologia, organização social e parentesco dos índios Ticuna. Dirigiu os filmes documentários "O que Lévi-Strauss deve aos Ameríndios" (LISA, 2013) e "IBURI" (LISA, 2014). É pesquisador do Centro de Estudos Ameríndios (CEstA-USP) e do PAM - Grupo de Pesquisas em Antropologia Musical. Membro da Society for the Anthropology of Lowland South America (SALSA).

Downloads

Publicado

2016-06-17

Como Citar

Matarezio Filho, E. T., & Descola, P. (2016). Entre filosofias e etnologias, uma conversa sobre Claude Lévi-Strauss - Entrevista com Philippe Descola. Cadernos De Campo (São Paulo - 1991), 24(24), 349-367. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v24i24p349-367

Edição

Seção

Entrevistas